terça-feira, 22 de agosto de 2017

Saudades






no começo
em você 
só ví encantos
hoje sozinho 
ando pelos cantos
com tantos desencantos
não mais canto
inspiro,aspiro,respiro
no meu pranto
saudades!





domingo, 30 de julho de 2017

FRANCISCO










O Papa Francisco em sua primeira aparição pública,na janela do apartamento papal,que dá vista para a grande Praça de São Pedro,em Roma,no primeiro domingo após sua eleição,as 12 horas em ponto,diante de uma multidão de fieis,que acorreram para rezarem com ele o Angelus, surpreendeu a todos com sua voz suave,com um Buongiorno (bom dia) e fez questão de parar para ouvir a multidão responder Bom Dia! Ao final de sua prédica e oração,deu a benção e desejou a todos Buon Pranzo (bom almoço) e ao final depois dos aplausos, um Arriverdeci (até logo).
Domingo ultimo,novamente nos lembrou ,em sua fala simples e ao mesmo tempo inovadora as palavras mágicas da boa convivencia e do respeito mutuo:Per favore (por favor), Grazie(obrigado), Permesso(com liçença) etc...
Simples assim, foi preciso o Papa Francisco a nos lembrar,mais uma vez,aquilo que deveria ser corriqueiro,e de uso diario entre as pessoas!






quinta-feira, 20 de julho de 2017

O ANJO DA MORTE








Nesta noite,visitou-me inesperadamente,o Anjo da Morte,pegou-me assim de surpresa,meio decomposto,pois com este calor dos últimos dias,estava eu em pêlo.
Foi logo perguntando:porque você saiu da fila?
Bem eu ,meio que gaguejando respondi que tinha desistido de ir (cá entre nós nestas horas é preciso ser esperto!) pois tinha ainda muitos sonhos a se concretizarem,telas em branco a serem pintadas,poemas em andamento para publicar,livros para ler e refletir,etc e se eu fosse naquela hora ficaria tudo inacabado,inclusive o meu testamento que só tinha rascunhado,faltando confirmar ainda alguns beneficiários,etc...desconversei e ofereci-lhe chá verde e biscoitos de gergelim...não queria ir muito a fundo no assunto.
Ele aceitou,e enquanto eu preparava a bandeja,com a xícara,mel...ele disse-me: nos últimos dias muitos jovens tem furado a fila,querem ir antes,é a pressa,não sabem esperar a vez,querem tudo de imediato,e o pior é que conturbam a escala e fazem com que os velhos como voce fiquem embromando e ganhando tempo! (ele era também muito esperto ao contrario)
O chá foi servido,os biscoitos deglutidos,ele agora descansado estava calmo,eu dei graças a Deus esperando ele despedir-se, quando de surpresa pediu para examinar minha boca, aberta contou meus dentes e disse, dos 32 voce ainda tem 28 ,parabéns! (não tinha notado que alguns já são postiços).
Depois despediu-se e falou assim:
Volto daqui há 28 anos,mas ai não vai ter desculpas não,terá que ir mesmo...e desapareceu no breu da noite!
Bom até lá tenho tempo para preparar-me melhor e quem sabe conseguir ainda um tempo extra!





sábado, 15 de julho de 2017

Ricardo









Ricardo Nascimento
fruto dos contrastes
da arvore da exclusão 
morador de rua
carroceiro,papeleiro, sucateiro...
nomade urbano
por um pedaço de pizza
numa esquina baleado
fria e covardemente
encontrou a morte
na pauliceia desvairada
suja e linda
pacifica e violenta
generosa e egoista
assassina e acolhedora
sintese do bem e do mal
Amém!













quinta-feira, 29 de junho de 2017

Viagem




Numa tarde 
d'um dezembro distante
na velha escada de ferro  
que desce do Jardim da Luz
para a plataforma dos trens
destinado aos suburbios
da pauliceia fria e desvairada 
nossos olhares cruzaram-se
num oi prá cá,um outro prá lá
e já estavamos conversando
nos reconhecendo... 
num embarque apressado 
nos trilhos paralelos do tempo
d'uma viagem sem fim
de paisagens doces
e paragens amargas
em estações distantes
com avisos,sinais,apitos...
num abre fecha de portas
no entra e sai dos viajantes
ansiosos por chegar!